[find the English version below]

 

A dor crónica é definida como qualquer tipo de dor cuja duração é superior a 3 meses, e difere da dor aguda, não só pela sua duração, mas também pelas alterações provocadas no Sistema Nervoso Central.

Quando temos uma dor que persiste durante muito tempo, são formadas ligações entre várias áreas do cérebro, nomeadamente áreas relacionadas com as emoções, ansiedade e stress, etc… O que acontece é que quando estamos num ciclo de dor crónica, muitas vezes já sem o fator lesão tecidular presente, continuamos a sentir dor.

Neste artigo são apresentadas algumas estratégias que pode utilizar para gerir a sua dor.

 

#1 – Exposição Gradual

Escolha uma atividade física que seja do seu agrado, lembre-se que qualquer coisa é válida, seja passeios, dança, hidroginástica, o que quiser. Comece devagar e vá progredindo, quer em duração quer em intensidade.

 

#2 – Grupos de Apoio

A dor crónica pode-nos levar numa espiral descendente de ansiedade, fadiga e sensação de mal-estar. Falar com alguém que conheça o que está a passar pode ser extremamente benéfico.

 

#3 – Família e Amigos

Mantenha o contacto com as pessoas de quem gosta. Se for muito difícil deslocar-se, tente que essas deslocações sejam mais curtas, ou então, convide-as para sua casa. Durante a conversa, evite falar da sua dor.

 

#4 – Imaginação de Movimento Corporal

Uma estratégia que tem vindo a ser demonstrada como eficaz para o alivio sintomático é a Graded Motor Imagery. Esta consiste em 3 fases de tratamento diferentes, a 1ª que é a discriminação direita/esquerda, a 2ª imaginação explicita do movimento e a 3ª, a terapia de espelho. De modo a que seja de fácil aplicação em casa, sugerimos que experimente fechar os olhos e imaginar que está a mexer a parte do corpo de que se queixa (atenção, parece ser mais fácil do que o que é).

 

Alertamos que todos os casos são diferentes e que as mesmas estratégias têm resultados diferentes em pessoas diferentes. Deve sempre procurar um profissional de saúde capacitado para o ajudar na sua condição.

 

Os Fisioterapeutas da Unidade de Saúde Balance

Logo USB_fundoVerde

 

 

 

 

 

 

Chronic pain is often defined as any pain lasting more than 3 months. Whereas acute pain is a normal sensation that alerts us to possible injury, chronic pain is very diferent, not only for the time that pain persists but also for the changes that occur in the Central Nervous System.

When we are in pain for quite a long time, our brain starts to form connections between several areas of the cerebrum, such as hypothalamus, amygdala, hippocampus, among others. What happens is that when we are in a chronic pain cycle, the tissue damage is no longer present but we feel pain nevertheless.

In this article we present you some strategies that you can use to deal with your pain.

#1 – Graded Exposure

Pick any activity that you enjoy doing, and remember, anything is valid, such as walks, dance, hydrogymnastics, you choose. Start slowly and then keep increasing in intensity and duration.

#2 – Support Groups

Chronic pain can take us in a downward spiral of anxiety, fatigue and bad mood. Talking to someone that is going through the same problems as you can be extremely helpful.

#3 – Family and Friends

Don’t let pain mean that you lose contact with the people you like.

Keeping in touch with friends and family is good for your health and can help you feel much better. Try shorter visits, maybe more often, and if you can’t get out to visit people, phone a friend, invite a family member round for a tea or have a chat with your neighbour.

Aim to talk about anything other than your pain, even if other people want to talk about it.

#4 – Graded Motor Imagery

A new strategy that has been recently supported by several studies as effective in reducing pain is Graded Motor Imagery. This strategy consists in 3 phases of treatment, the first one is the left/right discrimination, the second one is explicit movement imagination and the third and last one is mirror therapy. Having in thought a more easy and pratical application, we suggest that you close your eyes and imagine that you are moving the parto f your body that hurts (for exemple: if it is your back that hurts, imagine bending forward) – it is easier said than done.

We want to alert that every case is diferente and that the same strategies can have different outcomes in different people. You should always find a licensed health caregiver to help you in your condition.

 

Unidade de Saúde Balance’s Physiotherapists

Logo USB_fundoVerde

Inscreva-se

na nossa newsletter

Nós contactamos

deixe-nos o seu contacto

www.balance.pt | geral@balance.pt | comercial@balance.pt | Telf: 262083054 | 918078788 | Polo São Cristóvão, Caldas da Rainha desenvolvido por: